OPERAÇÃO ACISO EM ALTO ALEGRE DOS PARECIS

quarta-feira, 31 de julho de 2013

A oportunidade de obter documentos pessoais atraiu um grande número de moradores de Alto Alegre dos Parecis para o antigo prédio da Agência de Rendas, onde as equipes da Operação Aciso, responsáveis pela emissão de Carteiras de Trabalho e de Identidade estiveram instaladas por três dias.
A procura pela documentação foi grande, principalmente pelo público mais jovem. “É hora de aproveitar a presença de vocês aqui”, declarou Anderson dos Santos, de 19 anos, morador da Linha P-34, a 13 quilômetros da cidade.  
Segundo o último censo do IBGE, em 2010, o município tem 12.826  habitantes, com uma característica própria de cidade do interior, com maior número de habitantes na Zona Rural. São 9.161 no campo, contra 3. 665 na cidade.
Pacientes no HPP de Alto Alegre
Na área da saúde as equipes somaram forças com os técnicos do PSF (Programa de Saúde Familiar) do bairro Vista Alegre. O posto tem uma médica que atende três vezes por semana, dentista (que está em férias) e pessoal de enfermagem. Além dos exames laboratoriais, as mulheres que procuraram o posto, também puderam colher material para o exame preventivo do câncer do útero. A procura por tratamento dentário foi superior a capacidade disponível na Operação, que conta apenas com um profissional, mesmo assim 24 pessoas foram atendidas, algumas com dois ou três procedimentos.
Além das palestras na área da saúde, nas quais foram abordados temas como prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DST), a equipe do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, também Operação Aciso para ministrar palestras educacionais.
A agricultora Salete Kass, de 60 anos, moradora na Linha P-34, há dois anos não procurava atendimento médico, mas ficou interessada tão logo soube que a Operação Aciso estava na cidade com atendimento gratuito.  “Quero saber se está tudo bem”. Já para  Ezequiel  Januário, de 48 anos, 31 dos vividos na região de Alto Alegre, a passagem da Operação Aciso na cidade faz a diferença. “Trata da saúde aqui é muito difícil, agente vem de longe e quando chega na cidade não encontra médico”, declarou.
A Operação Aciso permanece em Alto Alegre dos Parecis até quinta-feira (01), a tarde as equipes se deslocam para Alta Floresta do Oeste, onde atenderão na nos dias 02, 03 e 04.

 

 

 

 


Texto: Alice Thomaz
Fotos: Marcos Freire

 

 

 

 



Confira o álbum