Maj Gualberto acompanha o Governador Confúcio e ministro da integração em solenidades

terça-feira, 18 de setembro de 2012

O Secretário-chefe da Casa Militar, Maj PM Gualberto acompanhou o governador Confúcio Moura e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, na noite desta terça-feira (18), durante a solenidade de abertura da I Conferência Estadual de Desenvolvimento Regional de Rondônia, realizada no auditório do Instituto Luterano de Ensino Superior (Iles/Ulbra), em Porto Velho.
O evento contou ainda com a presença de representantes da sociedade civil, empresários, acadêmicos e gestores públicos, que durante três dias, debaterão políticas, princípios e diretrizes que resultem na formulação de oportunidades e propostas a serem levadas para a Conferência Nacional, em dezembro.


O evento que propõe o debate de temas estratégicos para o desenvolvimento, a partir da redução das desigualdades regionais e fomento das oportunidades de melhoria da qualidade de vida da população rondoniense é uma realização do Governo da Cooperação através da Secretaria de Assuntos Estratégicos (Seae), Secretaria de Planejamento e Coordenação Geral (Seplan), Secretaria de Assistência Social (Seas) e Secretaria Executiva em parceria com o Ministério de Integração Nacional, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).


Desenvolvimento Regional


Em seu discurso, Confúcio Moura afirmou que o combate à desigualdade na região não se trata apenas de uma questão financeira, mas de tecnologia, conhecimento e educação. Em uma comparação, o governador lembrou que a concentração de médicos no Paraná é maior do que a quantidade de médicos presentes na região. Ele disse ainda que o Estado possui o terceiro maior PIB da Amazônia, que é o sétimo maior produtor de gado do país e o sexto de leite. Todos os investimentos integradores de transporte passam pelo Rio Madeira, que é o segundo mais importante do Brasil. Projetos para ampliação do porto junto com a construção da ferrovia irão alavancar o desenvolvimento, lembrou. "O Brasil precisa crescer e chegará a ser sim a quinta maior economia do mundo, mas para isso precisará da Amazônia, por isso a necessidade em investir em obras estruturantes que despertem o interesse do país para o Estado", completou o governador.
Segundo o Ministro da Integração Social, Fernando Bezerra Coelho, estes debates regionais irão gerar indicações que poderão melhorar as políticas de desenvolvimento. "O Brasil caminha para se tornar a quinta economia do mundo, suprimindo pessoas que vivem com R$ 70 mensais, consideradas na faixa da extrema pobreza. É importante definir políticas publicas que equilibrem a Federação na elevação dos índices e a hora de equilibrar chegou", enfatizou. ? ?Visita e benefícios


Antes da palestra da noite desta terça-feira, o ministro e Djalma Bezerra Melo, titular da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), visitaram , à tarde, logo após sua chegada à Porto velho, o canteiro de obras da Usina Santo Antônio.
À noite, assintou junto com o governador Confúcio Moura o Termo de Cooperação Técnica para a liberação de verba no valor de R$ 15 milhões, referente ao programa Água Para Todos, que prevê a implantação de sistemas coletivos de abastecimento de águas.
Outro Beneficio anunciado pelo Governador foi possibilidade de renegociação da dividas para produtores com margem de desconto de até 75% a fim de que estes produtores possam ter acesso ao crédito. No Estado cerca de 9 mil empresários serão beneficiados com a medida.

 


Fonte: DECOM-RO



Confira o álbum