Chefe da Casa Militar Recebe Associações de Classe

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O Secretário Chefe da Casa Militar, o Major PM Maurício Marcondes Gualberto,  recebeu em seu gabinete, no Palácio Getúlio Vargas, os representantes das principais classes Policiais Militares,  dentre os presentes estavam: Cap PM RR Ubiracy de Menezes Chaves diretor de finanças da ASPOMETRON, Senhora Márcia Aparecida Costa e Silva, representante da ASSESFAM (PM/BM-RO), 2º SGT PM José Augusto Moura de Alencar, Presidente da ASPRA, 3º SGT PM Herbert da Costa e Silva, Diretor da ASPRA PM/RO, Francisco Antônio F. Lima, assessor do Presidente da ASPRA. PM Jesuíno Silva Boa Baid e Ada Cléia Sichinel Dantas, Presidente e Vice-presidente da ASSFAPOM, respectivamente. A reunião teve a ilustre participação do Governador do Estado, Confúcio Moura que aproveitou para reafirmar seu compromisso com a segurança pública.

Na reunião foram tratados os assuntos atinentes à segurança pública, mais especificamente sobre os temas relacionados à Polícia Militar e a preocupação que as associações demonstram com o futuro da classe policial, pois diante das dificuldades encontradas ao longo dos anos em expor seus projetos perante o governo do Estado, tem uma única preocupação, a de buscar o ideal comum para a classe.

Os representantes das associações afirmaram que o governo geralmente não dava atenção às reais necessidades dos Policiais Militares, mas somente as do governo e que estão gostando da forma como este governo iniciou as negociações, a começar pelo Chefe da Casa Militar que abriu as portas para ouvir e encaminhar as propostas as quais tenham sido discutidas e aprovadas em conjunto com o Comando da PM.

O Major PM Gualberto frisou que se encontra à disposição dos mesmos para interceder no que for necessário em prol das classes policiais, afinal este governo tem uma gestão participativa, onde antes de tudo deve-se ouvir o clamor da classe para se buscar uma solução plausível para melhorias dos agentes de segurança pública. Afirmou ainda que pode agendar reuniões com o Governador ou intermediar encontros com outros secretários caso seja necessário, desde que a proposta seja viável para toda a classe Policial Militar.

O Governador, que participou de alguns momentos da reunião, afirmou que está satisfeito com o trabalho das Associações e está envidando esforços para implantar melhorias na classe, mas frisou que tais assuntos devem ser discutidos primeiramente nas associações. Firmou ainda compromisso no sentido de enviar à Assembleia Legislativa nova mensagem com a proposta de lei prevendo as alterações propostas pelas associações, com vistas a atender aos anseios da classe policial.



Confira o álbum